São Paulo
 
 
Web Diário
         
 
 
 
         
       
   
        Cultura | Lazer  
   
         
 
 
Siga-nos no Twiter
| |
 
 
Assista nosso Canal
| |
 
 
Memorial da América Latina recebe Anima Mundi, com presença de Carlos Saldanha

No ano em que o filme de animação “Rio”, dirigido pelo brasileiro Carlos Salanha, despertou o interesse de milhares de espectadores, o Memorial da América Latina, na Barra Funda, receberá entre quarta-feira (27 de julho) e domingo (31) mais uma edição do Anima Mundi, que é um dos principais eventos do calendário audiovisual brasileiro e o consagraram como a grande vitrine para a produção de animação nacional e internacional. Cerca de 80 países se inscreveram, em mais de 1300 curtas e longas.

Entre convidados nacionais e estrangeiros, o diretor Carlos Saldanha participará do evento (ele participou de todas as edições, 19 no total). Nessa edição, Saldanha terá um Papo Animado dedicado aos seus trabalhos e também participará de um dos debates do VI Anima Forum, série de encontros que debate os rumos e as novidades do mercado.

Composto de quatro mesas, o forum discutirá temas como as dificuldades de um bom roteiro, os desafios da animação brasileira e as relações entre estúdios e animadores. A palestra de Saldanha (‘Rio – Quadro a Quadro’) vai abordar detalhadamente todos os passos necessários para se realizar uma superprodução animada, da concepção ao lançamento em escala mundial. O encontro coroa o amadurecimento da animação brasileira e prepara o terreno para se investir nesta modalidade de produção bem mais exigente em termos de preparação, estrutura e investimento.

Nota-se que o Anima Mundi não é só uma mostra de filmes do gênero, oferece também oficinas, performances, encontros, fóruns e debates.

Entre as novidades, haverá uma sessão de terror na mostra competitiva de curtas, composta pelos melhores exemplares do gênero produzidos no último ano, e as mostras de animação chilena (Chilemonos) e outra com alguns episódios inéditos da série em stop-motion ‘Shaun the Sheep’, produzida pela Aardman. Já a competição de longas vai reunir quatro obras voltadas para o público infantil: ‘The Sandman and the Lost Sand of Dreams’ (França / Alemanha), ‘El Lince Perdido’ (Espanha), ‘Light of the River’ (Japão) e ‘Heart and Yummie’ (Japão).

Os diretores do festival, Aída Queiroz, Cesar Coelho, Lea Zagury e Marcos Magalhães, selecionaram 421 filmes de 44 países para as mostras principais. Depois do Brasil, que comparece com 77 produções, seguem França, com 58, Reino Unido (40), Estados Unidos (31), Alemanha (18), Canadá (14) e Rússia (13). Ainda completam a lista países como Taiwan, Grécia, Lituânia, Mônaco, Letônia, Colômbia, Índia, Israel e Estônia.

Memorial da América Latina
Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664 - Metrô Barra Funda - Oeste. Telefone: (11) 3823-4600.
Para mais detalhes,
acesse.


Carlos Saldanha falará sobre como realizar uma superprodução animada
Divulgação


 
         
         
  Expediente | Fale Conosco | Anuncie Conosco  
         
  © 2010 Propriedade e Copyright AZOL PRESS