São Paulo
 
 
Web Diário
               
 
               
Capa | Últimas Notícias | Notícias da Lapa | Notícias da Zona Oeste
   
Serviços | Polícia | Comércio | Cultura e Lazer | Educação e Saúde | Esportes | Sociedade | Entidades | Artigos | Opinião
   
        A vida na Lapa    
               
 
Siga-nos no Twiter
| |
 
 
Assista nosso Canal
| |
 
 
Desindustrializada, Lapa abre espaço para novos comércios e empreendimentos imobiliários

Um bairro em ampla expansão residencial e comercial. A Lapa passa por uma desindustrialização e está cada vez mais verticalizada, com empreendimentos imobiliários, aquecendo ainda mais o volume de negócios na região. Se antigamente o bairro era referência para as indústrias, agora, segundo especialistas, a nova tendência é a instalação de mini shoppings.

O SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) calcula que há mais de 11 mil comércios na Lapa. Atento a evolução comercial do bairro, o órgão oferece em seu escritório na Zona Oeste, na rua Pio XI, uma equipe de analistas e consultores para apoiar e orientar os empreendedores na formalização e desenvolvimento de suas empresas, por meio de consultoria, palestras e oficinas.


Na semana em que a Lapa completa 420 anos, o Diário conversou com o diretor do escritório Oeste do CIESP (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), Fábio Ferreira (à esquerda), e com Alexandre Martins (à direita), gerente do escritório Oeste do Sebrae.

"A Lapa perdeu aquela caracterísitca industrial"

Fábio Ferreira, da Ciesp



  "Excelente opção para abrir novo negócio"

Alexandre Martins, do Sebrae

Qual a importância do bairro, tanto para o comércio como para a indústria?
Um bairro com a população e principalmente a tradição da Lapa será sempre importante, não importa o tamanho de nossa Metrópole. Especificamente para a Indústria, a nossa Lapa já foi mais importante. Devido ao crescimento da Cidade, a região foi se desindustrializando, dando lugar à moradias. Assim, o PIB industrial de nossa região vem diminuindo ano a ano devido evasão de nossas indústrias. Embora ainda importante, não tem mais aquela caracterísitca de região industrial.

Qual o projeto da CIESP para a região da Zona Oeste?
É importante definir Zona Oeste aos olhos do Ciesp. Nossa região sai da Barra Funda indo até Francisco Morato, passando por Caieras e Franco da Rocha. Assim, temos uma atuação bastante abrangente e a partir do próximo ano nosso foco será a expansão das atividades nas tres cidades mencioandas. Isso não quer dizer que deixaremos a Lapa e entorno desamparadas. Já temos Rodadas de Negócios, Feira de Artes, Ação Local Lapa e outros eventos programados para nossa participação. Continuaremos a oferecer suporte fiscal, tributário entre outros a nossos mais de 350 associados.

O que pode ser melhorado na Lapa?
A segurança é um item que sempre chamará nossa atenção. Mas, tão importante ou mais é a questão da Saúde Pública. A situação de indefinição do Hospital Sorocabana está trazendo enormes transtornos à região. Além disso, o transito está se tornando caótico em cada vez mais ruas de nosso bairro.

Como você analisa a Lapa futuramente?
Vejo a Lapa se transformando em um bairro estritamente residencial. Não vejo espaço para novos Shoppings e acredito muito na tendencia de mini shoppings locais. Creio que a qualidade de vida no longo prazo tenderá a melhorar especialmente quando a Operação Agua Branca estiver concluído, contaminando positivamente nosso bairro e região. No que se refere às Indústria, temos consciencia que cada vez menos sobra espaço para elas.






ESPECIAL LAPA 420 ANOS, LEIA MAIS:
Lapa completa 420 anos com inúmeros “cartões postais”
Em comemoração aos 420 anos da Lapa, o Diário apresenta uma série de reportagens
Livro documenta a história da Lapa desde os primórdios do povoamento
Programação de eventos para festejar o aniversário da Lapa

  Qual a importância do bairro, tanto para o comércio como para a indústria?
O bairro da Lapa presenteia a cidade de São Paulo com uma importante concentração de empresas do comércio, prestadoras de serviços e industriais, são mais de 11 mil empresas. O destaque fica por conta do comércio, com inúmeras ruas e avenidas contempladas, devemos destacar a Rua Doze de Outubro e seu em entorno, que atrai consumidores dos quatro cantos da capital, tamanha importância reflete em um volume significativo de consumidores vindos da Zona Norte atraídos pelos produtos e serviços ofertados na região. A expansão dos condomínios verticais tende a aquecer ainda mais o volume de negócios no bairro. Percebemos novos investimentos na abertura de novas empresas. A demanda por informações sobre o bairro tem crescido nos últimos anos em virtude do desenvolvimento da região.

Qual o projeto do Sebrae-SP para a região da Zona Oeste?
O Escritório do Sebrae-SP na Zona Oeste disponibiliza uma equipe de analistas e consultores para apoiar e orientar os empreendedores na formalização e desenvolvimento de suas empresas, por meio de consultoria, palestras e oficinas. A abrangência de atendimento desta unidade contempla 15 distritos, com forte vocação comercial e prestação de serviços. O planejamento realizado para o ano de 2011 permitirá que cada um dos distritos, divididos em três regiões, sejam atendidos com o Programa do Comércio Varejista e Multisetorial de Serviços, ambos visando ampliar a capacidade de gestão, garantindo maior competitividade e melhores rentabilidades às empresas. Serão realizados 13 grandes eventos denominados Circuitos de Negócios, atividade que disponibiliza ao empresário uma palestra sobre gestão, a troca de experiências exitosas que geram resultados significados em diferentes negócios e a possibilidade de ampliar sua rede de relacionamento visando ampliar seus fornecedores e clientes. O conjunto de Circuitos levará conhecimento a cerca de 7 mil empresas ao longo do ano.

O que pode ser melhorado na Lapa?
Os investimentos que devem ser prioritários para o bairro da Lapa devem focar o desenvolvimento sustentável, que começa por favorecer a particição dos menos favorecidos, inserindo essas pessoas em programas de capacitação até o encaminhamento para uma real oportunidade de emprego. O desenvolvimento dos empreendimentos do bairro exige novas contratações e o Lapiano precisa estar preparado para aproveitar estas oportunidades. Conjuntamente, o investimento em segurança e a manutenção das vias públicas são fundamentais para oferecer condições básicas que coloque a região em um patamar diferenciado, permitindo o fluxo de pessoas por meio de diversas modalidades de transporte.

Como você analisa a Lapa futuramente?
O bairro da Lapa continuará sendo uma referência na Grande São Paulo, inicial por toda estrutura que já possui, destaca-se neste contexto o Mercado Municipal da Lapa, que em breve será reformado, os diversos shopping centers, as ruas de comércio popular, os parques e praças, as escolas e universidades, que, juntos oferecem condições diferenciadas para promover o desenvolvimento sustentável da região, sendo desde hoje e maior no futuro, uma excelente opção de investimento para abertura de um novo negócio ou para residir.

 





 



                        Expediente | Fale Conosco | Anuncie Conosco               © 2010 Propriedade e Copyright AZOL PRESS